Precision Farming.

Precisão numa área parcial.

Produtividade e eficiência são o mote da agricultura moderna. Só quem aplica, com êxito, estas perspetivas nas suas explorações é que consegue vencer nos mercados voláteis e contextos políticos incertos, assegurando as bases para as gerações futuras.

Precision Farming.

Precisão numa área parcial.

Produtividade e eficiência são o mote da agricultura moderna. Só quem aplica, com êxito, estas perspetivas nas suas explorações é que consegue vencer nos mercados voláteis e contextos políticos incertos, assegurando as bases para as gerações futuras.

O circuito Precision Farming. Foco no potencial das superfícies.

O objetivo de cada agricultor é gerar o máximo de rendimentos razoáveis. Assim, cada superfície deve ser considerada e tratada com base nas suas condições naturais.

Entre as aplicações das parcelas mais representativas contam-se:

  • Adubação
  • Adubação-N
  • Sementeira
  • Fitoproteção

Adubação e calagem.

Os resultados das análises aos solos, em conjunto com a definição de zonas correspondentes, apresentam a base factual para uma adubação e calagem específica para cada parcela. A conversão técnica é simples, a utilidade económica está associada às características do local: quanto maiores as diferenças no fornecimento de nutrientes, maior será a economia possível. Com o software da CLAAS, é fácil elaborar mapas.

A solução completa desde o planeamento até ao mapa de dispersão: os mapas de nutrientes e valor de pH mostram onde é necessário cuidar do solo. Pode, assim, resolver-se o problema especifico e aplicar adubo ou calcário apenas onde é necessário para um tratamento perfeito das plantas, ajudando efetivamente a poupar – isto é importante sobretudoi em tempos de aumento dos preços dos adubos.

Fertilizantes de azoto variáveis. Para um melhor crescimento.

Os responsáveis das explorações precisam de um pacote completo e abrangente de produtos, que lhes ofereça todas as possibilidades sem os sobrecarregar com decisões.

Os componentes – todos da CLAAS:

  • Sistema sensor online
  • Terminal ISOBUS para controlo e documentação
  • Opcional: mapas de potencial de colheita

Sementeira variável. Só o que é preciso, tão pouco quanto possível.

É sensato ter em conta as várias condições que se encontram numa só parcela logo durante a sementeira. Conforme o tipo de solo, é razoável diferentes densidades de sementeira, porque se distinguem pelas condições de germinação e potencial de colheita. Hoje em dia, a maioria dos agricultores já define diferentes densidades de sementeira para cada parcela.

Vantagem e Uso.

  • População vegetal equilibrada
  • Aproveitamento do potencial de colheita
  • Debulha facilitada

Fitoproteção variável.

Conjuntamente com a fertilização com azoto por parcelas, a fitoproteção por parcelas tem vindo a ganhar um significado crescente. Atualmente, são utilizados sobretudo reguladores do crescimento. Estes podem, tal como os fertilizantes de azoto, ser aplicados de forma sensata consoante as necessidades  da parcela com um sensor vegetal ótico. A regulação é assim realizada conforme o índice de biomassa. Os elementos mais fracos com um índice de biomassa menor recebem menos regulador do crescimento do que os elementos médios. Com a aplicação da quantidade média, ficariam muito curtos. Este facto teria efeitos negativos na colheita. Elementos mais fortes, contudo, devido ao maior potencial de resistência à acama, recebem uma quantidade proporcionalmente maior para manter o risco sob controlo.

CROP SENSOR.

Com o CROP SENSOR disponibilizamos uma ferramenta para a aplicação otimizada de fertilizante de azoto, reguladores do crescimento ou fitoprotetores em diferentes culturas. A administração ideal de azoto influencia, consideravelmente, a quantidade e qualidade. É aplicada, cuidadosamente, apenas a quantidade necessária.

AGROCOM MAP.

Que resultados podem ser obtidos em que parcelas e quais são as zonas mais produtivas? O AGROCOM MAP dá as respostas com os seus mapas de rendimento.